Brasil vai sediar Congresso Mundial de Pesquisa Florestal – IUFRO2019

Breve história de Mauá, por Toninho Guia
03/05/2018
Mostrar tudo

Brasil vai sediar Congresso Mundial de Pesquisa Florestal – IUFRO2019

XXV-Congresso-Mundial-da-Iufro-IUFRO2019

Pela primeira vez será realizado na América Latina o centenário Congresso Mundial de Pesquisa Florestal. Será no ano que vem, no Brasil, o XXV Congresso Mundial da União Internacional de Organizações de Pesquisa Florestal, que será realizado em Curitiba, no Paraná.

Criada em 1892, em Viena, a União Internacional de Organizações de Pesquisa Florestal reúne mais de 700 instituições de pesquisa florestal, representando mais de 100 países.

Em 2019, o Brasil vai sediar pela primeira vez na América Latina o XXV Congresso Mundial da União Internacional de Organizações de Pesquisa Florestal (da sigla Iufro, em inglês), que acontecerá na cidade de Curitiba (PR). A Iufro foi criada em 1892 em Viena, na Áustria e é uma rede global sobre pesquisa florestal, congrega mais de 700 instituições de pesquisa florestal de mais de 100 países.

Para apresentar o processo de organização deste evento mundial, foi realizado na última sexta-feira (6), um encontro promovido pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), o Serviço Florestal Brasileiro (SFB) e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

O encontro contou com cerca de 60 participantes entre representantes de órgãos do governo, corpo diplomático, universidades, organizações não governamentais e setor privado. O objetivo foi informar sobre as atividades que vêm sendo conduzidas pelo Comitê Organizador do Congresso Iufro 2019, formado pelo Serviço Florestal e Embrapa Florestas, bem como promover e mobilizar atores-chave para o apoio, parcerias e a divulgação do processo de organização.

Na abertura, o representante da FAO no Brasil, Alan Bojanic, nomeado “embaixador” da Iufro 2019 destacou a importância do Congresso para o Brasil, como uma oportunidade para novos conhecimentos no tema florestal. “As florestas têm uma função econômica e social. São chave para a humanidade, já que um quinto depende das florestas”, afirmou Bojanic.

 

Intercâmbio

Para o Edson Tadeu, pesquisador chefe da Embrapa Florestas, este Congresso será de grande importância para uma interação entre pesquisadores de várias partes do mundo. “Será também uma oportunidade para que conheçam o trabalho realizado pelo Brasil e que, também, possamos conhecer o trabalho de outros países”.

Além disso, o chefe da Embrapa Floresta apontou que o XXV Congresso também possibilitará conhecer as tecnologias de ponta, o que vem sendo feito em termos de bioeconomia, gestão territorial, biorefinarias, temas em alta neste momento no setor florestal “para que façamos um desenvolvimento florestal sustentável”, ressaltou.

O diretor-geral do Serviço Florestal, Raimundo Deusdará Filho, avaliou que a realização do Congresso Mundial da Iufro pela primeira vez na América Latina significa “um reconhecimento da importância das florestas tropicais e da necessidade de revigorar nossa pesquisa florestal”. Ela agradeceu à FAO pela parceria estratégica em diversas ações da agenda florestal e também como apoiadora na organização da Iufro 2019.

Preparativos

A apresentação do XXV Congresso e de como ele vem sendo organizado foi feita pelo diretor de Pesquisa e Informações Florestais do Serviço Florestal, Joberto Veloso de Freitas, e pela Pesquisadora da Embrapa Florestas, Yeda Malheiros.

O Congresso acontecerá de 29 de setembro a 05 de outubro de 2019 em Curitiba, capital do Paraná, e são esperados 3.200 participantes. Além disso, contará com uma área de expositores para 150 estandes.   O evento estará dividido em cinco sessões plenárias e 16 sub-plenárias. Estão previstos três mil trabalhos científico a serem submetidos e 1.200 trabalhos em pôsteres. Também haverá visitas de campo em 15 destinos florestais nas proximidades da capital paranaense.

Veja as fotos do evento.

Saiba mais sobre o XXV Congresso Mundial da Iufro.

 

Sobre a IUFRO

A União Internacional das Organizações de Pesquisa Florestal (IUFRO, na sigla em inglês) é uma entidade sem fins lucrativos, não governamental e não discriminatória, criada em 1892. É a rede global de cooperação em ciências florestais que reúne, de forma voluntária, mais de 15.000 cientistas em quase 600 organizações associadas, em 126 países.

A IUFRO também é parte da CPF (Parceria Colaborativa em Florestas), um grupo formado no âmbito do Fórum de Florestas das Nações Unidas (UNFF) e que reúne 14 organizações internacionais, instituições e secretariados de convenções internacionais em torno da agenda global sobre florestas.

Visando congregar e compartilhar conhecimentos, a IUFRO realiza mais de 70 reuniões técnico-científicas por ano. Realiza também congressos regionais e, a cada cinco anos, o congresso mundial, que é o seu principal evento. O primeiro congresso mundial da IUFRO ocorreu em Viena, na Áustria, em 1893, e o vigésimo quarto e último, em Salt Lake City, EUA, em 2014. Esses congressos são interdisciplinares, integradores em conteúdo científico e reúnem cientistas, estudantes, empresas florestais, tomadores de decisão e outros atores. Nessas ocasiões são criadas oportunidades para discussões relacionadas a áreas prioritárias de pesquisa, política e gestão florestal.

Para saber mais sobre a IUFRO visite o site (clique aqui).

Missão

A missão da IUFRO é promover pesquisa, compartilhar conhecimento e desenvolver soluções baseadas em ciência para desafios relacionados ao setor florestal, para o benefício das florestas e das pessoas em todo o mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *