Breve história de Mauá, por Toninho Guia

Prazo para o Cadastro Rural vai Até o próximo dia 31 de maio
26/04/2018
XXV-Congresso-Mundial-da-Iufro-IUFRO2019
Brasil vai sediar Congresso Mundial de Pesquisa Florestal – IUFRO2019
08/05/2018
Mostrar tudo

Breve história de Mauá, por Toninho Guia

toninho-guia-visconde-de-mauaNo início do século XX, o governo implantou aqui, em Visconde de Mauá, um núcleo de colonos com o objetivo de cultivar a terra. Devido a inúmeras dificuldades, não deu certo o projeto. Alguns colonos ficaram aqui e convidaram seus amigos e parentes para virem visitá-los. Foi assim que começou o turismo na região. Quando? Década de 30.

Os hóspedes chegavam a pé, em carros de bois, a cavalo. Anos mais tarde com a explosão hippie, esta região passou a ser visitada por pessoas de todo o Brasil. Hoje, já no começo do terceiro milênio, a região possui uma rica rede hoteleira, com restaurantes que variam da comida caseira à internacional.

Nas lojas compra-se de tudo, a maior parte produzida ou fabricada no local. Mas o que mais encanta é a paisagem inigualável. São rios, riachos, montanhas e muito verde, que fazem daqui um dos melhores climas do país. Lembrar sempre: esta é uma Área de Proteção Ambiental!

Toninho Guia

2 Comentários

  1. Milene Rifolio disse:

    Amo essa terra .desde meus 18 ate agora com meus 56
    Eu digo q Maua cresceu comigo.em.paz e sempre com bom senso

    • Miriam Mansur disse:

      Boa noite, Milene.
      Vamos sempre a Mauá e nos hospedamos entre ela e Maringá.
      Temos uma vontade muito grande em sair da cidade grande e ficarmos aí, pois nos sentimos muiiiiito bem.
      Minha pergunta.
      Vc sabe me informar sobre a questão de saúde, hospital ?!?
      Vi numa reportagem que Mauá tem um Posto de Saúde 24 hs para emergência com uma ambulância e uma enfermeira sempre de plantão.
      Isso procede ??? Tem assistência médica boa aí ??
      Pode me ajudar nessa busca, por favor ?? Grata

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *