No caminho há Piranguinho…

Pouso Alegre sedia Encontro Internacional sobre Linguagens
02/10/2017
marco poeta maromba
Marco Poeta: o artista da Maromba
04/11/2017
Mostrar tudo

No caminho há Piranguinho…

No caminho há Piranguinho…

Ao seguir do Rio de Janeiro para Pouso Alegre, no Sul de Minas Gerais, onde recentemente se realizou o Enelin 20171, encontro acadêmico de pesquisadores da língua e da linguagem, existe no caminho  não a pedra do poeta maior – Drummond -, mas Piranguinho: a capital nacional do pé-de-moleque.

Piranguinho fica no Sul de Minas Gerais e não tem mais do que 125 mil quilômetros quadrados. Tem cerca de nove mil moradores. Mas, até por isso mesmo, é uma cidade maravilhosa. Doce. E rural…

Mas, se  você, leitor, nunca ouviu falar de Piranguinho, marque-o na agenda de viagens em junho, quando ocorre a Festa do Maior Pé-de-Moleque do Mundo, em que o doce é feito em plena praça, a Praça Coronel Braz.  O público assiste ao preparo da iguaria  e é convidado a degustá-la. Em 2015, o RankBrasil, que registra os recordes brasileiros (a exemplo do Guiness Book), certificou o pé-de-moleque piranguinhense com 20 m de comprimento, 60 cm de largura, dois cm de altura e 336 quilos, como o maior pé-de-moleque do país.

A história da cidade vem do século XIX,  quando na região foi construída a estrada-de-ferro  para ligar Itajubá a Santa Rita do Sapucaí. Trabalhadores ergueram casas de madeira e de pau-a-pique no entorno da obra, e daí surgiu o povoado. Já a tradição do doce, teve início próximo à estação ferroviária Olegário Maciel,  em um bar que começou a comercializar  guloseimas, entre elas o pé-de-moleque . Logo depois, moradores passaram a vendê-lo dentro do trem. A ferrovia parou de funcionar, mas a criatividade aflorou: construiu-se uma barraca de pés-de-moleque na beira da rodovia BR-459. Outros habitantes fizeram o mesmo, edificando barracas que se distinguem por cores diferentes. Em 2009, esse dinamismo  piranguinhense elevou o pé-de-moleque fabricado no município à categoria de Patrimônio Cultural do Estado de Minas Gerais.

 

Foto: Wikipedia

__________________________________

1Encontro Nacional da Linguagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *