Pra que viemos (Mantiqueira e região)

Entre em contato

Deixe seu recado, sua dúvida ou mande uma sugestão para publicação no portal. Acesse agora mesmo o formulário de contato.



Gostaria de anunciar em publicidade no Portal? Favor acesse a sessão Publicidade.

Esta Porteira do Mato surge movida pela intenção de ser uma voz jornalística, um portal digital de cidades do alto da Mantiqueira e de suas populações, divulgando notícias, eventos, culturas, tradições e memórias dos povos dessas regiões, desde as Vilas de Mauá e Maromba, em Resende e Itatiaia, aos Vales da Santa Clara, do Alcantilado e das Flores, em Bocaina de Minas, mais Liberdade, Carvalhos, Aiuruoca, Franceses…

Trata-se de um portal independente, dirigido por jornalistas profissionais, sem qualquer vínculo político-partidário ou econômico, sem outra pretensão que não seja exercitar e produzir um jornalismo crítico que se inscreva nas realidades mesmas que retratar e descrever, sendo ao mesmo tempo produto dessas mesmas realidades. Assim, sob este compromisso, almejamos promover redes sociais de contatos e difusão de informações com essas cidades mantiqueiras, abrindo canais, através do portal, para a expressão e manifestação de opiniões, pontos de vista e, inclusive, denúncias, desde que devidamente fundamentadas.

Se existirem culturas e modos de viver típicos e/ou específicos aos povos e cidades da Mantiqueira, eles aparecerão a partir desta Porteira do Mato. Sendo ele próprio um agente e um instrumento produtor e reprodutor de culturas – obra e instrumento, esse portal também pretende promover e difundir as músicas caipiras da região e as festas e manifestações regionais que, desde a Folia de Reis, no início de cada ano, marcam e agendam o cotidiano das populações da Mantiqueira.

Assim, todas e todos que chegaram até aqui estão convidadas e convidados a abrirem esta Porteira, navegando adentro de suas páginas e emoções e, na medida do possível e do viável, semeando aqui e ali as contribuições, apoios e críticas que possam enriquecer, ainda mais, a diversidade e a heterogeneidade que se pretende expor, publicamente, porteira adentro.

Sejam benvindas e benvindos. Gratos pela visita.

A Porteira do Mato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *