Vereadores foram eleitos com menos de 100 votos

Eleições em Bocaina de Minas têm 52 candidatos na disputa a vereador
30/09/2016
Lixo não é recolhido na Santa Clara
10/10/2016

Vereadores foram eleitos em alguns municípios mineiros e fluminenses da região da Mantiqueira com menos de 100 votos, representando em alguns casos 1% ou menos do eleitorado.eleicoes-fim

No Sul mineiro, Bocaina de Minas teve a eleição para prefeito mais disputada da região e vereador eleito com menos de 100 votos. A soma de votos da coligação PMN, PSL, PR, PPS e PSDB elegeu a vereador Menezes Meneis, com 91 votos (2,41%), menos do que Cledeilson Leal (PSB/DEM/PT), com 122 votos, e Tião Satilo (PMDB), com 118. O mais votado para as nove cadeiras da Câmara Municipal foi Paulo Vani, do PP, com 242 votos, 6,41% do eleitorado.

Na disputa pela Prefeitura venceu Gordo (PP), com 28,53% dos 4.607 eleitores bocainenses, ou seja, 1.082 votos, seguido por:

Conceição Salgado (PSB-PT-DEM) 993 votos (26,18%)
Soneide (PHS-PMDB) 955 votos (25,18%)
Alcione Duarte (PMN-PSL-PR-PSDB) 763 votos (20,12%)
Abstenção 583 eleitores (12,65%)
Nulos 179 votos (4,45%)
Brancos   68 votos (1,69%)

 

Liberdade e Aiuruoca

Em Liberdade (MG), o candidato a vereador Amarildo Faria (PHS, PSC) foi eleito com 94 votos (2,81%), ocupando a última das nove cadeiras da Câmara. O mais votado foi Marcelo Domingues (PSDB, PV, PPS), com 204 votos (6,11%). Com 4.428 eleitores, o município elegeu Rita Rodrigues (PMDB, PP, SD) para a Prefeitura, com 1.583 votos (59,98%). As abstenções foram de 740 eleitores (16,71%) e 271 votaram nulo, tendo 3.688 eleitores (83,29%) comparecido às urnas.

Aiuruoca (MG) registrou elevado índice de abstenções: 1.093, ou 21,1% dos 5.203 eleitores aptos ao voto, tendo 4.110 deles ido às urnas. Paulinho Senador (PP-PR-PT-PSDB-PSL) foi eleito prefeito, com 2.638 votos (72,27%), seguido à distância por Teteu (PHS, PMDB, PTN), com 1.012 votos (27,73%).

Houve 341 votos nulos (8,3%) e 119 em branco (2,9%). Helder, da coligação PTN, PMDB, PSB, DEM, foi o candidato a vereador mais votado, com 293 votos (7,63%). O menos votado foi Ivairzinho (PR, PSL, PP, PT), que obteve a nona cadeira da Câmara, com 169 votos (4,4%).

 

Resende e Itatiaia

Nos municípios do Sul Fluminense de Itatiaia e Resende foram eleitos prefeitos representando extensas coligações, reunindo partidos políticos adversários no plano nacional. Em Itatiaia, com 25.182 eleitores, 207 candidatos disputaram as 11 cadeiras da Câmara Municipal.

A eleição para prefeito reuniu cinco candidatos, saindo vitorioso Dudu, da ampla coligação PMDB, PDT, PT, PHS, PRTB, SD, PMB, PTC, PROS, PRB, PTN, PTdoB, PR, PTN, PPL, PPL, PPS. Ele obteve 8.383 votos, 43,2% do eleitorado. Jair Porquinho (PMDB/PDT) foi o mais votado para a Câmara, com 872 votos (4,4%). Tim Campos (PSD/DEM) o menos, com 270 votos, 1,37% do eleitorado.

Em Resende, com 92.757 eleitores, a surpresa ficou por conta da eleição para prefeito. O candidato Dr. Diogo Balieiro Diniz (PSD/DEM/PR/PSDC/PPL/PRP/PTdoB) foi eleito, com 25.888 votos, 38,13% do eleitorado, vencendo o favorito Noel de Carvalho (PSDB/PDT/Rede/PEN/PMDB/PP/PTB/PSL/PSC), que já foi prefeito da cidade por quatro vezes. Noel obteve 23.969 votos, 35% dos eleitores.

Para as 17 cadeiras da Câmara de Resende a disputa atraiu 404 candidatos, sendo que mais de 20 deles não tiveram seus votos validados pela Justiça Eleitoral por algum tipo de irregularidade. O candidato mais votado foi Renan Marassi (PPS/PV), com 1.090 votos, pouco mais de 1,5% do eleitorado. A última vaga ficou com Caio Sampaio (Rede/PSDB), que teve 401 votos, representando 0,60% dos eleitores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *