A ideia dos ambientalistas de Cosenza: plantar 10.000 árvores

O concreto, a poluição e as mudanças climáticas prejudicam a área urbana. Não só isso: as consequências negativas causadas pela violência sofrida pela natureza estendem-se ao resto da província. É por isso que os ambientalistas decidiram se unir. Como? Propondo o pplantio de 10.000 novas árvores. Plantas de vários tipos capazes de restaurar o oxigénio e o equilíbrio do ecossistema local, profundamente alterado e destinado, de outra forma, a transformar-se irremediavelmente e em sentido negativo.
A proposta, forte e significativa, parte das associações ambientalistas da capital e do sertão urbano, de dar nova vida às áreas degradadas e criar jardins e parques onde serão plantadas árvores para cada recém-nascido na comunidade. O nascimento de um menino ou de uma menina deve corresponder a esta “homenagem” ideal prestada à mãe terra e à natureza.
As associações convidadas a participar neste importante e incisivo projecto são cinquenta, um número importante que certamente está destinado a aumentar. Sim, porque qualquer associação regularmente inscrita no registo do Terceiro Sector poderá facilmente aderir e solicitar 240 plantas aos viveiros da Região da Calábria de forma totalmente gratuita.

Felipe Costa