Bónus de estação de carregamento 2024: até 8.000 euros para carregamento elétrico. Como se inscrever, requisitos e prazos

O balcão reabrirá no dia 15 de março «bônus de coluna para empresas e profissionais», que ele afirma aquisição e instalação de infraestrutura de carregamento de veículos elétricos: A ferramenta permanecerá ativa por pelo menos mais três mesespara permitir que o maior número possível de beneficiários potenciais beneficie da contribuição financeira.

Após a primeira abertura da porta, mais do que ainda está disponível 70 milhões de euros.

Como se inscrever e prazos

O Ministério do Ambiente e Segurança Energética definiu as datas de lançamento da plataforma, gerida pela Invitalia: a partir de 15 de março será possível proceder ao preenchimento e envio da candidatura ao mesmo tempo, estando o prazo previsto para 20 Junho.

«Com a reabertura dos balcões – afirma o ministro Gilberto Pichetto – queremos proporcionar novas oportunidades para o desenvolvimento da mobilidade elétrica no país, consistentemente apoiadas pelo Pnrr e centrais para a concretização dos objetivos do Pniec».

Os requisitos e montantes

Os benefícios visam empresas de qualquer porte em todo o território nacional e a profissionais individuais, por um montante igual a 40% das despesas elegíveis incorridas após 4 de novembro de 2021 e sujeitas a fatura eletrónica.

Estes podem dizer respeito à aquisição e implementação de infraestruturas de carregamento, incluindo os custos de instalação de estações de carregamento, sistemas elétricos, obras de construção estritamente necessárias, sistemas e dispositivos de monitorização.

A contribuição cobre ainda, até ao limite máximo de 10% do custo de aquisição e instalação, as despesas de ligação à rede eléctrica e as de concepção, gestão de obra, segurança e ensaios.

Felipe Costa