Cosenza, Ettore Lanzino, de 69 anos, morreu na prisão de Parma: ele era o líder reconhecido da 'Ndrangheta da capital

“Ettaruzzu”: assim era chamado nos círculos de Cosenza 'Ndrangherta Ettore Lanzino, de 69 anos, morreu na prisão de Parma, onde estava detido desde 2012 sob o regime 41 bis. Lanzino vinculou a sua figura à história das gangues Bruzie, já que era o líder reconhecido até sua prisão em 2012 em um apartamento em Rende. Condenado à prisão perpétua com sentença definitiva pelos assassinatos de Francesfo Bruni, Vittorio Marchio E Marcello Calvano e trinta anos pelo assassinato de Enzo PelazzaLanzino cresceu à sombra do poderoso líder do clube Franco Pinoque então se tornou colaborador da justiça em 1995. Na última maxi-operação do Catanzaro DDA denominada “Reset”, mais uma vez o padrinho, apesar de estar detido há anos, foi apontado como um dos líderes das gangues de Cosenza e como ponto de referência para as novas gerações de pequenos.

Felipe Costa