Gaza, o Hamas aceita a resolução da ONU sobre o cessar-fogo. Blinken: Netanyahu reafirmou seu “sim” ao acordo

O Hamas aceita a resolução de cessar-fogo votada ontem pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas e está pronto para negociar os detalhes, disse Sami Abu Zuhri, um alto funcionário do Hamas, à Reuters, acrescentando que cabe a Washington garantir que Israel a respeite. “A administração dos EUA enfrenta um verdadeiro teste para cumprir os seus compromissos de obrigar a ocupação a pôr fim imediatamente à guerra na implementação da resolução do Conselho de Segurança da ONU”, acrescentou Zuhri.

Blinken e Netanyahu reafirmaram compromisso de cessar-fogo

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, “reafirmou seu compromisso” com o cessar-fogo em Gaza: o anúncio foi feito pelo secretário de Estado americano, Antony Blinken. “Ontem à noite encontrei-me com Netanyahu, que reafirmou seu compromisso com a proposta de acordo de cessar-fogo”, disse Blinken. referindo-se ao plano apresentado pelos Estados Unidos às Nações Unidas. O chefe da diplomacia norte-americana chamou também a reação do Hamas, que disse saudar a resolução do Conselho de Segurança da ONU aprovada na terça-feira que apela a um cessar-fogo na Faixa de Gaza, um “sinal encorajador”.

Felipe Costa