Messina, ato de vandalismo na Câmara Municipal: fechadura do estacionamento quebrada

Mais um ato de vandalismo cometido por desconhecidos no município do Palazzo Zanca: o ferrolho da entrada do estacionamento da Via Consolato del Mare foi quebrado. O presidente da Câmara Municipal relatou o incidente, ocorrido entre a noite de dia 15 e a manhã de dia 16. Nello Pergolizzisolicitando ao Presidente da Câmara, ao vereador responsável pelos serviços de informação e tecnológicos, ao gerente geral e ao comandante da Polícia Municipal cópia dos vídeos relativos ao acontecimento (área sujeita a videovigilância), através dos quais é possível localizar os responsáveis ​​pelos danos, convidando-os a tomar todas as iniciativas adequadas nesse sentido, também através da aquisição de um serviço relatório do pessoal da Guarda do Palazzo Zanca e consequente reporte à Autoridade Judiciária. “Para o efeito, lemos na nota do presidente da Câmara Municipal, fica representado que o legislador no art. 635 do Código Penal (Danos), dispõe sobre sanções para quem destruir, dispersar, deteriorar ou inutilizar, no todo ou em parte, bens móveis ou imóveis alheios e a circunstância agravante especial quando o crime for cometido com em detrimento de edifícios públicos ou de edifícios destinados a uso público, ou ainda – através da referência expressa ao n. 7º do art. 625 do Código Penal – sobre coisas existentes em repartições ou estabelecimentos públicos, ou destinadas ao serviço público”.

Felipe Costa