Messina, prêmio especial ao colégio “La Farina-Basile” pelo melhor jornal escolar

Prémio especial ao Liceu “La Farina-Basile” de Messina no concurso nacional “O melhor jornal escolar Carmine Scianguetta”. O prestigiado reconhecimento da secção de papel – categoria do ensino secundário – reservado à redacção do “Stoà” foi atribuído com uma motivação que orgulha a comunidade escolar do liceu de Messina: “O jornal surge com um design gráfico típico do estilo jornalístico de leitura agradável e interessante. As matérias bem estruturadas tanto na forma como na qualidade evidenciam um excelente percurso alcançado pelos jovens repórteres já galardoados na última edição com o prémio “Afeltra”. Esperamos que esta atividade continue a entusiasmá-los.”

A cerimónia de entrega do prestigiado prémio, que já vai na sua 24ª edição, teve lugar em Avellino, no Manocalzati Comprehensive Institute, na presença da redacção do jornal do liceu La Farina de Messina. “Stoà – esclareceu Gregorio Rizzo Ugdulena como representante do jornal – é um termo grego, transliterado para o italiano, que indica uma estrutura típica da arquitetura grega antiga, composta por passagens cobertas e que se traduz, precisamente, como “varanda frontal” . O termo Stoà – lembrou o aluno do colégio Peloritano – também deu nome a uma escola filosófica, o Estoicismo, fundada por Zenão de Cítio. Na verdade, era costume que o mestre se encontrasse frequentemente expondo e discutindo as suas ideias com os seus discípulos sob um pórtico pintado, o famoso Stoa Pecile da ágora de Atenas. E, portanto, Stoà – concluiu – não é um termo escolhido ao acaso, mas reflecte plenamente o espírito crítico e criativo que os estudantes foram adquirindo gradualmente na sua formação como jornalistas”.

Felipe Costa