O Giro d'Italia coroa Pogacar, última etapa em Roma é vencida por Merlier no sprint

O esloveno Tadej Pogacar venceu o Giro d'Italia. Na última etapa, que terminou no Fori Imperiali de Roma, um sprint vitorioso do belga Tim Merlier, que antecedeu Jonathan Milan.

Um domínio, o do campeão de 25 anos da UAE Team Emirates, que fechou com seis etapas no currículo e também conquistou a camisa azul como melhor escalador, nas costas do segundo colocado do ranking especial, Giulio Pellizzari (Grupo VF-Bardiani CSF-Faizanè). No pódio, junto com a camisa rosa, usada após a segunda etapa com chegada no Santuário de Oropa, também o colombiano Daniel Martinez (Bora-hansgrohe) e o britânico Geraint Thomas (Ineos Grenadiers), separados por 9'56″ e 10' respectivamente 24″. Quinto e melhor dos italianos, com uma vantagem de 12'49″, Antonio Tiberi (Bahrain Victorius), que também coloca na tabela a camisola branca de melhor jovem. A camisola ciclâmen da classificação por pontos vai para Jonathan Milan (Lidl- Trek), que venceu três sprints Filippo Ganna (Ineos Grenadiers) alcançou o quarto e último sucesso de um italiano neste Giro (o contra-relógio em Desenzano del Garda, que também venceu dois Tours de France e dois Liège em sua carreira). . -Bastogne-Liège, três Voltas à Lombardia e uma Volta à Flandres, substitui o compatriota Primoz Roglic no quadro de honra da corrida RCS.

Felipe Costa