O Napoli chega perto de assumir a liderança conquistada pela Udinese e não vai além do empate em 1 a 1

Udinese-Napoli 1-1

REDES: 6º Osimhen, 47º Sucesso
Udinese (3-4-2-1): OK 6; Ferreira 5, Bijol 6, Kristensen 6,5; Ehizibue 6 (24º Festy 6), Zarraga 5,5, Walace 6,5, Kamara 5,5 (42º Zemura 6,5); Samardzic 6, Brenner 6 (8º sucesso 7); Lucca 5,5 (9º Davis 6,5). No banco: Mosca, Padelli, Abankwah, Tikvic, Kabasele, Pereyra, Pejicic. Treinador: Cannavaro 6.5
NÁPOLES (4-3-3): Meret 6,5; Di Lorenzo 6, Rrahmani 6, Ostigard 6, Olivera 5,5; Anguissa 6, Lobotka 6,5, Cajuste 6,5 (28º Traorè 6); Politano 6,5, Osimhen 7 (43º Simeone sv), Lindstrom 5,5 (36º Ngonge 6). No banco: Contini, Idasiak, Natan, Mario Rui, Mazzocchi, D'Avino. Treinador: Calzona 5.5.
JUIZ: Aureliano de Bolonha 6.5.
OBSERVAÇÃO: noite tranquila, terreno em excelente estado. Cantos: 7-5. Tempo de recuperação: tempo 2', tempo 5'.

– Amargo empate para o Napoli, que foi pego na final pela Udinese, não indo além do empate em 1 a 1 no mesmo campo onde, há pouco mais de um ano, conquistou o terceiro Scudetto de sua história. O sucesso respondeu à vantagem momentânea de Osimhen no final, marcando o empate que ainda dá esperança de salvação ao clube friulano. Os azzurri iniciaram o drible e, aos 16 minutos, deram o primeiro sinal de perigo com a cobrança de falta do meio-campo batida forte por Lindstrom em direção ao gol e neutralizada por Okoye. No entanto, foi um jogo com dificuldades para avançar, com uma Udinese ordeira que aos 34 minutos olhou para a frente e encontrou um remate de longe de Samardzic que virou à esquerda mas não conseguiu encontrar o alvo defendido por Meret. Os Bianconeri foram perigosos, como aos 44 minutos, com Bijol pegando uma bola suja na área e chutando, mas mandando ao lado. O empate vai durar até aos 51 minutos, com Politano a fazer um cruzamento venenoso da direita, que Osimhen cabeceia para vencer Okoye e colocar o Nápoles na frente. A Udinese está em desvantagem, mas pronta para responder, menos de dez minutos depois, com o recém-apresentado Davis que centraliza pela direita e deixa passar o rastreador canhoto, ao qual Meret é reativo no mergulho.
Fim de jogo em que a equipa de Cannavaro aumentou a posse de bola e avançou nas transições, deixando mais espaços ao Nápoles que também faria o 2-0 aos 80 minutos, novamente com Osimhen, porém apanhado em posição de impedimento por Var Partenopei no comando do jogo. cinco minutos finais dos acréscimos, mas aos 92 minutos foi Success quem fez o empate para os bianconeri, com a mudança de campo de Zemura para servir Kristensen que da faixa direita deu a assistência para a ligação e virada vencedora do número 7. Foi foi precisamente o primeiro golo no campeonato do atacante nigeriano a dar um ponto importante na chave da salvação da Udinese de Cannavaro, com o Nápoles assim condenado ao terceiro empate nas últimas quatro partidas.

Felipe Costa