Quando é esperado o pagamento do Naspi em maio de 2024? Aqui estão as DATAS

Quando é esperado o pagamento do Naspi em maio de 2024? Aqui estão as datas. INPS: pedidos crescem

  • O pagamento de Naspi para o mês de MMaio de 2024 espera-se que seja pago no meio do mês. A data precisa de reconhecimento do subsídio pode variar consoante o dia em que foi apresentado o pedido de desemprego.
  • Para verificar a data exata do pagamento, os usuários podem fazer login em seu arquivo de segurança social on-line usando suas credenciais SPID, SNC ou . Este procedimento também é aplicável aos destinatários de DES-COLLque seguirá o mesmo calendário de entrega.

Assim, tanto os beneficiários do Naspi como do DIS-COLL podem verificar a data de desembolso do seu subsídio através dos canais online disponibilizados pelo INPS, obtendo assim informação atualizada e precisa sobre os respetivos benefícios.

A data sempre varia e o INPS publica os detalhes completos do pagamento mensal do desemprego do INPS com aproximadamente 7 a 15 dias de antecedência.

INPS: 122.117 pedidos de desemprego em fevereiro, +7,6%

Crescem os pedidos de desemprego em fevereiro: no mês, lê-se no Observatório de Demissões do INPS, chegaram ao Instituto 122.117 pedidos do Naspi e do Discoll, um aumento de 7,6% sobre o mesmo período de 2023. No primeiro bimestre do período No ano, registaram-se 320.562 pedidos de subsídio de desemprego, um aumento de 4,8% face ao mesmo período de 2023.

Novos Limites de Rendimento para a Cumulabilidade do Subsídio de Desemprego

O INPS anunciou que, em 2024, o limite de rendimento do trabalho assalariado e parassubordinado, compatível com a manutenção do subsídio de desemprego, será aumentado para 8.500 euros. Esta atualização, esclarecida através de mensagem da instituição, altera as condições de acesso ao NASpI e ao DIS-COLL, alargando a possibilidade de acumulação destes subsídios com rendimentos provenientes do trabalho por conta de outrem, parassubordinado e independente.

A legislação em vigor desde 2015 já permite a acumulação do NASpI com rendimentos de trabalho subordinado, parassubordinado e independente, e para o DIS-COLL com rendimentos de atividade parassubordinada e independente, desde que o faça. não exceda o mínimo excluído de tributação. Decreto legislativo de 30 de dezembro de 2023, n. A Portaria n.º 216 redefiniu ainda mais estes limites, elevando o rendimento anual elegível para 2024 para 8.500 euros para trabalho por conta de outrem e parassubordinado, e confirmando o limite para trabalho independente em 5.500 euros.

Compatibilidade de Trabalho Ocasional com NASpI e DIS-COLL

O INPS lembra ainda que os serviços de trabalho ocasional são totalmente compatíveis com os subsídios NASpI e DIS-COLL, até ao limite de 5.000 euros por ano, sem necessidade de comunicação prévia do valor do rendimento presumido.

Verificação de datas de pagamento através de canais online

Aos beneficiários interessados ​​em conhecer as datas específicas de pagamento das prestações referentes a abril de 2024, o INPS recomenda a consulta do seu perfil de segurança social online. O acesso é possível via SPID, CNS ou CIE, e essas indicações são válidas tanto para beneficiários do Naspi quanto do DIS-COLL.

As datas de pagamento variam em função da data de apresentação do pedido de desemprego, comprometendo-se o INPS a publicar os dados relativos ao pagamento das mensalidades com aviso prévio de 7 a 15 dias.

Novo serviço INPS para aplicação NASpI

A partir de 21 de abril de 2023, o INPS disponibiliza um novo serviço de submissão de candidaturas NASpI, no âmbito das iniciativas previstas no Plano Nacional de Recuperação e Resiliência (PNRR). Este serviço, acessível a partir da secção dedicada do site do INPS, coexistirá com o anterior durante o período experimental, ao final do qual se tornará o único canal para aplicações NASpI.

Visão geral do NASpI e beneficiários

O NASpI, criado para gerir eventos de desemprego involuntário ocorridos a partir de 1 de maio de 2015, destina-se a trabalhadores, incluindo aprendizes, cooperados, artistas contratados e trabalhadores contratados a termo das administrações públicas, excluindo alguns grupos específicos.

Condições de Desembolso e Valor do Abono

O valor do subsídio de desemprego NASpI é calculado com base na média salarial dos últimos quatro anos, aplicando-se reduções específicas no caso de trabalho independente que não exceda um determinado rendimento anual. O subsídio é pago através de vários métodos, incluindo crédito numa conta bancária ou postal, e o subsídio está sujeito a suspensão ou caducidade em determinadas circunstâncias, como o reemprego ou o início de um trabalho independente ou para-subordinado sem a devida comunicação ao INPS.

Obrigações e Sanções para os Beneficiários

A legislação também prevê obrigações específicas para os beneficiários, incluindo a participação em iniciativas de orientação profissional, e estabelece sanções em caso de incumprimento, até e incluindo a perda de desemprego.

Com estas alterações e atualizações, o INPS pretende prestar um apoio mais amplo e flexível aos beneficiários de subsídio de desemprego, ao mesmo tempo que facilita o acesso às prestações e a interação com a instituição através de ferramentas digitais avançadas.

Felipe Costa