Reggio, tentativa de extorsão contra proprietário de estabelecimento comercial: duas prisões

Nos últimos dias, os Policiais Estaduais de plantão na Delegacia Geral de Prevenção e Socorro Público prenderam dois sujeitos em flagrante delito de prática do crime de tentativa de extorsão contra o proprietário de um negócio comercial.
Na sequência de um telefonema recebido pela Sala de Operações local, em que se reportava uma acalorada discussão em curso entre vários sujeitos numa rua do centro da cidade, os agentes da Polícia Voadora, graças ao reforço da actividade de controlo territorial destinada a combater a disseminação generalizada pequenos crimes, chegaram em pouco tempo ao local indicado, constatando efetivamente a presença de três sujeitos com intenção de discutir próximo a uma atividade comercial.
Em particular, dois homens, um de 42 anos de origem indiana e um de 32 anos de origem paquistanesa, apesar da chegada dos Agentes da Polícia Estadual, eles continuaram a ameaçar o dono do estabelecimento com fogo e, caso ele prestasse queixa contra eles, com morte.
A atividade investigativa imediatamente conduzida pelos operadores da Volante permitiu traçar um quadro claro sobre a matriz de extorsão por trás de um pedido anterior de dinheiro.
Ambos os sujeitos, sem-abrigo e com antecedentes policiais diversos, foram detidos pelo crime de tentativa de extorsão e colocados à disposição da Autoridade Judiciária que, após validar a sua detenção, ordenou a aplicação da medida de prisão preventiva contra eles.

Felipe Costa