Produtores de Mauá realizam feira de produtos de alimentos orgânicos

Ponte Precária em Santa Clara
Ponte precária provoca acidente em Santa Clara
07/04/2016
Prazo para o Cadastro Ambiental termina a 5 de maio
02/05/2016
Mostrar tudo

Produtores de Mauá realizam feira de produtos de alimentos orgânicos

Em uma região caracterizada pelas belezas naturais, como é o caso de Visconde de Mauá, não poderiam estar ausentes os alimentos integrais e orgânicos.

alimentos-organicos1E este é o caso da Feira de Produtos Orgânicos, realizada pela Associação dos Produtores Rurais de Visconde de Mauá – Aprovim, que neste mês de abril completou 14 anos de existência.

Desde o arroz integral e orgânico aos pães sem glúten e lactose e às verduras – algumas tão verdes e vistosas que parecem reflorestar nossos olhares, a feira oferece uma expressiva quantidade de produtos, todos eles com certificados de “produtos agroecológicos” do Ministério da Agricultura. E todos também saborosos…

“Optamos pela certificação de produtos agroecológicos, conferida pelo Sistema Participativo de Garantia Orgânico-Biológica do Rio de Janeiro, porque queremos dar segurança aos consumidores da qualidade de nossos produtos; e da garantia de que são produzidos de forma orgânica, sem qualquer tipo de contaminação, desde o uso de pesticidas à qualidade das sementes, também orgânicas”, expôs à Porteira do Mato a presidente da Associação dos Produtores, Patrícia Carvalho.

 

Sementes crioulas e transgênicasalimentos-organicos2

A produção de sementes, no mundo, é um mercado altamente concentrado em grandes multinacionais, como a Monsanto, dos Estados Unidos, empresa de agricultura e biotecnologia, que é ao mesmo tempo líder na produção de herbicidas. As sementes, cuja oferta monopoliza, são transgênicas e não se reproduzem, são híbridas. O agricultor é obrigado, todo ano, a comprar das sementes, cuja propaganda é ser mais resistente às pragas e insetos.

O milho plantado no sítio da produtora rural Patrícia Carvalho é com a semente crioula, cultivada na própria terra, sem o uso de pesticidas. A presidente da Aprovim informou que o Sistema Participativo de Garantia Orgânico-Biológica do Rio de Janeiro é o único no mundo, uma experiência inédita e que está dando certo. “Lá fora a garantia de qualidade é dada por uma auditoria, o que é um processo muito mais oneroso e demorado”, explicou Patrícia.alimentos-organicos3

Cecili Moy Laurino é francesa e nasceu em uma fazenda de agricultura orgânica. Na feira, ela oferece alguns produtos como o arroz Volkman e o Milho Orgânico, mas seu forte são os pães integrais. Para sua produção ela recorre a uma amiga, que lhe cede a cozinha emprestada, já que o seu sítio, do lado de Bocaina de Minas, abaixo do Rio Preto, ainda não tem luz elétrica. Coisas da região de Mauá…

Já Alexandre Coutinho é especialista em fazer uma das mais deliciosas tapiocas da região, também com mandioca orgânica e cuja pasta ele próprio prepara. Sua esposa, Ana Rita Nogueira, vice-presidente da Associação, produz pães e bolos sem glúten e sem lactose, igualmente saborosos e leves à digestão.

alimentos-organicos4

Ana Rita Nogueira

A Associação dos Produtores Rurais de Visconde de Mauá reúne-se a cada primeira segunda-feira dos meses pares, aberta à participação de toda e qualquer pessoa interessada. As reuniões são realizadas a partir das 9h, na sede do Parque Estadual da Pedra Selada, na Vila de Mauá, em cujo pátio externo é realizada a feira. A próxima reunião, portanto, será a 6 de junho. E a Porteira estará presente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *