Adeus ao vencedor do Oscar Donald Sutherland: ele era o Casanova de Fellini

Nascido em 1935 em uma família de origem escocesa em Saint John uma cidade canadense na província de New Brunswick mas criado em Halifax Donald Sutherland em sua longa carreira de ator participou de mais de 180 filmes e ganhou o Oscar em 2017.
Sua estreia no cinema aconteceu no filme italiano, O Castelo dos Mortos-Vivos, de 1964 e dirigido por Luciano Ricci e Lorenzo Sabatini.
Em 1968 ele apareceu no conhecido filme ‘Essa dúzia suja Robert Aldrich mas o verdadeiro sucesso veio em 1970 com o filme MASH de Robert Altman, onde ele interpreta o Capitão Benjamin Franklin ambientado em um hospital de campanha dos EUA durante a Guerra da Coréia.
Sua participação na obra de 1976 foi inesquecível Bernardo Bertolucci, Novecento ao lado de Robert De Niro e Gerard Depardieu. No mesmo ano, Federico Fellini quis que ele interpretasse Giacomo Casanova em Il Casanova, rodado inteiramente no teatro 5 da Cinecittà.

Outras atuações incluem os filmes Animal House, de 1978, de John Landis, Terror from Outer Space, de Philip Kaufman, e The Eye of the Needle, de Richard Marquand, em 1981. E também Fire em 1991 dirigido por Ron Howard e, a partir do mesmo ano, JFK de Oliver Stone.
Outras interpretações para Lethal Virus (Outbreak) de Wolfgang Petersen, Virus de John Bruno.
Com Anthony Hopkins interpreta Instinto – instintos primordiais. Dirigido por Clint Eastwood em Cowboys do Espaço. Em O trabalho italiano de 2003 para o remake de Un coup all’italiana de ’69. Então volto novamente para Cold Mountain, Senhor da guerra, do orgulho e do preconceito, Uma assombração americana. Em 2007 foi protagonista da série de TV Dirty sexy money. Por fim, em 2017 o drama Elia & John, o buscador de lazer de Paolo Virzì.
Casou-se três vezes e dois de seus filhos, Rossif e Kiefer, com Shirley Douglas, seguiram carreira de ator.

Felipe Costa