“Basquete de luto, a lenda do Lakers, Jerry West, morre” . Inspirou a silhueta do logotipo da NBA

Jerry West, ex-astro do Lakers, mas sobretudo famoso por ter inspirado a elegância dos movimentos da silhueta que ainda hoje representa o logotipo da NBA, morre aos 86 anos. O Los Angeles Clippers, de quem foi consultor desde 2017, anunciou em comunicado à imprensa o ex-armador do Los Angeles Lakers (1960-1974). “West faleceu pacificamente, sua esposa Karen estava ao seu lado”, acrescentou a franquia californiana sem revelar a causa da morte.
Ele era “a personificação da excelência no basquete”, diz a nota do Clippers. Nascido em Cabin Creek, um vilarejo na Virgínia Ocidental, em uma família de seis filhos, West foi devastado por uma infância difícil, mas também por uma incrível seqüência de sete derrotas consecutivas nas finais da NBA. O título finalmente conquistou com o clube de sua vida, o Los Angeles Lakers, em 1972, dois anos antes do fim de sua carreira. Como jogador em 1960 fez parte do quinteto norte-americano que conquistou o ouro em Roma.
West deixou sua marca na NBA graças ao seu talento como artilheiro, terminando sua carreira com média superior a 27 pontos por jogo, numa época em que não existia o arremesso de três pontos, exercício no qual sem dúvida teria se destacado.
Quatorze vezes selecionado para o All Star Game, também foi um excelente zagueiro. Depois de se aposentar como jogador em 1974, treinou o Lakers de 1976 a 1979, passando depois a integrar a comissão técnica e se tornando gerente geral a partir de 1982 por duas décadas, época de ouro da franquia (8 títulos entre 1980 e 2002). Foi ele quem orquestrou a contratação bem-sucedida de Kobe Bryant e depois de Shaquille O'Neal.

Felipe Costa