Crazy Chituru Ali, corre os 100 metros em 10.06: Ele é o quarto italiano mais rápido de todos os tempos

Aplausos para Chituru Ali na reunião de Dubai. Os azuis comemoram a vitória nos Emirados Árabes Unidos e também o recorde pessoal nos 100 metros com 10,06 (+1,2), melhorando em seis centésimos os 10,12 de há dois anos. Um tempo de valor internacional para o velocista Fiamme Gialle, finalista mundial dos 60 metros indoor nesta temporada, que se torna o quarto italiano na distância, atrás apenas do recordista europeu Marcell Jacobs (9,80 para o triunfo olímpico em Tóquio), de Filippo Tortu (9,99) e Pietro Mennea (10,01), empatados com Simone Collio.

Duas semanas depois do 10.01 obtido em Nairobi mas com muita brisa a favor (+2,2) desta vez o vento é regular. Com este desempenho, ele pode agora olhar com confiança para o próximo Campeonato Europeu em Roma (7 a 12 de junho, no Estádio Olímpico), dois anos após a final continental alcançada em Munique. E continua a sua caminhada rumo aos Jogos ao alcançar o quarto resultado útil (dois nos 60m e dois nos 100m) dos cinco necessários para competir no Caminho de Paris: ao confirmar-se nestes níveis também na próxima prova em nos 100m ele pode ter excelentes chances de entrar entre os 56 classificados para Paris via ranking.

Felipe Costa