Euro 2024: Turquia vence a República Tcheca por 2 a 1, Montella chega às oitavas de final

Turquia-República Checa 2-1
REDES: 6’º Calhanoglu, 21’º Soucek, 49’º Tosun.
REPÚBLICA CHECA (3-4-1-2): Stanek 6 (15º Kovar 6); Buracos 6, Hranac 6,5, Krejci 6,5; Coufal 6, Soucek 7, Provod 6,5 (30º Lingr 6), Jurasek D. 6 (36º Jurasek M. sv); Baraque 4; Chytil 5 (10º Kuctha 5,5), Hlozek 5 (10º Chory 5,5). No banco: Jaros, Zima, Vitik, Sevcik, Schick, Doudera, Cerny, Cerv, Sulc. Treinador: Hasek 5.5.
Turquia (4-2-3-1): Gunok 6; Muldur 5,5, Akaydin 6, Demiral 6, Kadioglu 6,5; Yuksek 6 (18º Yokuslu 6), Ozcan 6 (1º Ayhan 6); Guler 6 (30º Tosun 7), Calhanoglu 7 (42º Kokcu sv), Yildiz 6 (30º Akturkoglu 6); Yilmaz 5. No banco: Bayindir, Cakir, Celik, Yazici, Kaplan, Kahveci, Kilicsoy, Akgun, Yildirim. Treinador: Montella 7.
JUIZ: Kovacs (ROM) 6.
OBSERVAÇÃO: Noite tranquila, campo em bom estado. Expulso: Barak, aos 20 minutos, por cartões amarelos. Reservados: Ozcan, Schick (do banco), Yildiz, Yuksek, Gunok, Calhanoglu, Cakir, Muldur, Jaros, Cerv, Akaydin, Krejci, Kokcu, Ayhan. Escanteios: 7-3 para a Turquia. Tempo de recuperação: 3′; 6′.

A Turquia venceu a República Tcheca por 2 a 1 na partida válida pela última rodada do grupo F da Euro 2024 e se classificou para as oitavas de final como segundo colocado: gols de Hakan Calhanoglu e Cenk Tosun foram decisivos. Os tchecos, porém, terminaram em último lugar e foram eliminados. A equipa de Hasek criou imediatamente uma oportunidade logo aos dois minutos, com um remate de Provod, que foi desviado para canto por Gunok. Aos 13 minutos, a seleção turca responde com um remate de Arda Guler, que finaliza ao lado. Os checos ainda assumem o controlo do jogo, criando mais duas oportunidades de golo, primeiro com Jurasek e depois com Hranac, mas os seus remates carecem de precisão. Aos 20 minutos chegou a primeira virada da partida quando Antonin Barak, já com cartão amarelo alguns minutos antes, cometeu uma grande ingenuidade e foi expulso, deixando seus companheiros numericamente inferiores. A Turquia começou, portanto, a pressionar com maior convicção e aos 27 minutos tornou-se perigosa com o habitual Guler, sobre quem a defesa de Krejci foi providencial. Apesar de algumas chances importantes, as duas equipes foram para o intervalo com o placar em 0 a 0 após três minutos de descontos. No segundo tempo a Turquia entrou forte e, após tentativas de Yildiz e Ylmaz, abriu o placar aos 51 minutos com Hakan Calhanoglu: o meio-campista do Inter finalizou com precisão com o pé direito e marcou no escanteio. A República Checa fez uma série de substituições e reagiu com força, marcando o empate aos 66 minutos com um remate à queima-roupa de Tomas Soucek. A partida volta ao normal e os tchecos iniciam um longo ataque final, mas os meninos de Vincenzo Montella atacam novamente com Cenk Tosun, que define o placar para 2-1 final. Graças a este sucesso, a Turquia garante o segundo lugar com 6 pontos e voa para os oitavos-de-final, enquanto a República Checa termina em último com 1 ponto e é eliminada do Euro 2024.

Felipe Costa