Jornada de Recrutamento na Região da Calábria: seleção das primeiras 40 pessoas do “local de trabalho Itália” da Webuild.

“O trabalho sinérgico levou a esse importante resultado em apenas alguns dias. Hoje recebemos 300 pessoas qualificadas interessadas em trabalhar nos canteiros de obras da Webuild na cidadela regional, para a construção de obras de infraestrutura em andamento e futuras também na Calábria. A construção da base de dados pelos centros de emprego da Calábria foi crucial para a pesquisa e seleção. Esta iniciativa surge na sequência da assinatura do Memorando de Entendimento ocorrido em novembro passado entre o presidente da Região da Calábria, Roberto Occhiuto, e Pietro Salini, CEO da Webuild. Estamos a construir oportunidades concretas de trabalho na Calábria, um caminho para dar respostas positivas e sobretudo a possibilidade de dar esperança para o futuro. Após as entrevistas de hoje, serão selecionadas as primeiras 40 pessoas que, no dia 8 de abril, iniciarão os dois primeiros cursos de formação e contratação de operadores de obra, que decorrerão nas instalações disponibilizadas pela Região da Calábria na Cidadela de Catanzaro” .

Assim o conselheiro regional do trabalho e formação profissional, Giovanni Calabrese, na abertura da Jornada de Recrutamento para seleção de jovens interessados ​​em trabalhar na Webuild, no âmbito da campanha de recrutamento lançada no Sul de Itália para a construção das obras de infraestruturas em curso e futuro.

O Recruiting Day, em colaboração com a Randstad e a Adecco, dirigiu-se principalmente a todos aqueles que estão atualmente desempregados e desejam realizar um processo de relocalização no setor da construção.

Durante a iniciativa, destacaram-se as intervenções dos representantes da Webuild e do gestor regional, Cosimo Cuomo, que ilustraram o programa do dia e agradeceram aos Centros de Emprego pela colaboração.

O “Cantiere Lavoro Italia”, programa lançado pela Webuild em Novembro passado, está dividido em três tipos de escolas (a escola local, em colaboração com agências de emprego, para atrair recursos para o sector e fornecer formação básica; a Escola de Ofícios, para fornecer competências técnicas especializadas à mão-de-obra; a Escola de Profissões, para garantir competências mais avançadas aos recursos administrativos da obra) dirigida a públicos diferenciados, desde os jovens aos desempregados.

Com este programa, a Webuild pretende treinar e contratar vários profissionais, tanto trabalhadores especializados (incluindo escavadores, eletricistas, engenheiros de fábrica e muito mais) quanto funcionários (incluindo compradores, contadores de trabalho, engenheiros da TBM).

“Cantiere Lavoro Italia” prevê um programa de contratação de 10 mil mulheres e homens em Itália até 2026, dos quais 88% no sul de Itália. A Webuild estima treinar cerca de 1.000 pessoas por ano, ajudando a construir os profissionais e os recursos necessários para apoiar o crescimento do setor de infraestrutura na Itália.

Felipe Costa