Museu Marítimo de Reggio, Romeu sobre a decisão do estaleiro: “A obra não está em risco”

“Naturalmente tomamos nota da decisão do TAR e agiremos claramente em conformidade, mas o que é certo é que a obra, nem o momento do início da obra, não estão absolutamente em risco”. É o que afirma o vereador responsável pelo Museu Marítimo em nota Carmelo Romeu comentando a recente decisão do Tribunal Administrativo Regional da Calábria, uma seção separada de Reggio Calabria, que ordena a relocação do Cantiere Nautico Reggio sas de Rosmini Ernesto & C., agora R. Marine Group srl, agora localizado no distrito de Candeloro, afetada pelo iminente início das atividades do canteiro de obras do Museu Marítimo.

“Já tivemos um foco esta manhã com os principais técnicos da administração municipal e com o Ministério Público para dissecar todos os aspectos da questão. Nos próximos dias – explica Romeu – nos encontraremos com os representantes da empresa do estaleiro e vamos identificar a solução Mas a partir de agora pretendo limpar o terreno de qualquer risco na concretização da obra do Museu Marítimo, que é um objectivo estratégico da Administração e que graças ao trabalho político dos últimos anos obteve financiamentos muito importantes , nem nos prazos previstos para o início da obra”.

Felipe Costa