Reggio, orçamento atrasado: aviso chega da Prefeitura

A Prefeitura avisa o Palazzo San Giorgio e ordena que a administração aprove o orçamento 2024/2026 em até 20 dias. Um alerta decorrente do incumprimento das obrigações previstas na lei que já tinha adiado para 15 de março o prazo de aprovação do documento contabilístico na Câmara Municipal.
No entanto, o Município conseguiu chegar em termos úteis para aprovar a previsão orçamental no Conselho. De fato na primeira semana de março o executivo deu luz verde ao documento, o primeiro menos condicionado pelo plano de recuperação de sangue e lágrimas que durante anos manteve reféns investimentos e serviços.
Em seguida, o processo regulatório prevê que o documento seja apreciado pelo Conselho Fiscal e pela comissão do conselho competente.
Do Palazzo San Giorgio garantem que o documento receberá o disco verde da câmara antes do final do mês. Ao que tudo indica, a conferência dos líderes dos grupos deverá ser convocada na segunda-feira para marcar a sessão em que a sala terá de decidir sobre o documento. Em caso de atraso, apenas é permitida a gestão temporária, dentro dos limites das correspondentes dotações de despesas do último orçamento aprovado, se existirem.

Felipe Costa