Vibo para votar, Pina Picierno lança Enzo Romeo: “Ele é a pessoa certa para vencer”

A campanha eleitoral para as eleições europeias e para as eleições locais está a começar. Pina Picierno, eurodeputada do Partido Democrata e vice-presidente do Parlamento Europeu, chegou esta manhã a Vibo (a única capital provincial da Calábria a votar). Picierno, que se candidatará à reeleição para recuperar um assento em Estrasburgo, acompanhou o candidato de centro-esquerda a presidente da Câmara, Enzo Romeo, num passeio pelo centro da cidade e pouco depois deram uma conferência de imprensa juntos na sede eleitoral do candidato Romeu no cruzamento da via Popilia com a viale Kennedy.

Uma iniciativa participativa com as intervenções dos dois protagonistas que discutiram questões europeias, nacionais e locais na presença, entre outros, da ex-parlamentar Enza Bruno Bossio, do vereador regional Raffaele Mammoliti, do secretário municipal Francesco Colelli e do vereador Stefano Soriano .

“Estamos convencidos de que chegaremos ao primeiro turno – comentou Romeo – e queremos dar nova vida à cidade depois de 15 anos de governo de centro-direita. Queremos focar na cultura e no turismo, mas isso não é suficiente para um relançamento forte do tecido económico É preciso olhar para a indústria e para a zona industrial de Porto Salvo. É muito grave que em 15 anos de governo de centro-direita haja uma mesa de consulta sobre o relançamento das políticas industriais nesta. cidade nunca foi estabelecida”.

“Esta cidade vem de 15 anos de inação – sublinhou Picierno – e Enzo Romeo é a pessoa certa para voltar a vencer numa realidade importante como Vibo, uma cidade com um belo centro histórico. treinamento e anos de militância: todas as características que Enzo Romeo possui e que tenho certeza que aproveitará para fazer o Vibo voltar a brilhar no Campeonato Europeu, a esperança é que o amplo campo estabeleça regras compartilhadas visando o futuro” . Picierno respondeu então sobre a questão da abstenção, que corre o risco de aparecer de forma significativa na próxima competição eleitoral: “É verdade, as eleições europeias são frequentemente caracterizadas por uma elevada taxa de abstencionismo e é também por esta razão que lançámos a campanha de sensibilização 'Use o seu votar' que o Parlamento Europeu implementou nos últimos meses: não é apenas um ato necessário, mas o cerne da nossa aposta, porque quanto mais cidadãos votarem, mais forte será a Europa”.

Felipe Costa